Vampiros Modernos – eles morderam você?


Nesse feriado prolongado eu gostaria de oferecer a você dente de alho, uma estaca de madeira e água benta.

Quer sair para relaxar? Se divertir? Exagerar em comidas e bebidas? Vá em frente!!!! Mas não se esqueça de levar seu kit mágico para detonar os três grandes vampiros modernos!

    1. Redes Sociais

Sedutor, jovial e com promessas de status, reforço social e informação (cof!), esse é um dos vampiros mais poderosos, que nem a luz do sol extingue. Seu poder está na compreensão da química cerebral de sua vítima: ele sabe que oferecer estímulos incessantes (já reparou que não existe fim nas timelines?) e, periodicamente, de forma aleatória, oferecer reforços sociais em formas de like, curtidas e chats é jogar dopamina no seu núcleo cerebral de prazer (núcleo accumbens). Sabe quem mais usa esse sistema? Açúcar e cocaína.

Então, bravo guerreiro, RESISTA! Vício no celular é coisa séria, inclusive tem sido considerado como um dos grandes responsáveis por conflitos entre casais.

Nesse feriado, tente passar algumas horas (sim, horasSSSS) longe do celular. E veja o que acontece com seu corpo, sua mente e suas emoções. Se perceber uma síndrome de abstinência, sugiro alho fresco! Combinado com vinhos e outros ingredientes, você pode passar um bom tempo preparando uma bela refeição, com boa companhia, jogando conversa fora e deixando esse vampiro de lado.

2. Estagnação.

Vampiro esperto e tradicional, gosta de usar roupas novas (tipo um terno netflix) para te manter preso a velhos hábitos: passar a noite inteira grudado na TV.

Em feriados ele ganha poderes de fechar cortinas, ligar ar-condicionados e te manter preso no sofá por horas – quiçà dias a fio. Resultado? Você sai do feriado mais cansado e esgotado do que entrou. E com o risco de não ter aprimorado nenhum conhecimento.

Ficar tanto tempo parado é extremamente prejudicial para o corpo e para o nosso vigor, afinal, somos seres desenvolvidos para gerar movimento! E quando eu falo movimento, não me refiro a horas na academia, crossfit e coisas do gênero. É algo mais básico, movimento mesmo: mexa-se! Pegue essas duas estacas de madeira e sei lá, faz um batuque! Faça música, dançe, caminhe, experimente uma trilha, faça um passeio mais longo com seu cão, conheça uma praça nova na sua cidade.

Quem tá morto é o vampiro, e não seu corpo que deixa de produzir ritmo quando fica estirado nesse sofá horas a fio. Move your body!

3. Barulho Mental

Esse aí é dos bons: não me pergunte como, mas esse vampiro mora dentro de você. Mais especificamente na sua mente. Autocobrança, ficar ruminando horas a fio o que você ainda precisa fazer, o que as outras pessoas pensam de você, se você fez algo errado, se culpando ou se vitimizando, criando cenários imaginários de conversas, brigas, revivendo passados doloridos ou projetando futuros catastróficos: haja barulho mental!

Faça um teste: experimente colocar um timer e ficar em absoluto silêncio por 3 minutos. Você vai se assustar com a quantidade de pensamentos que sua mente produz por segundo. Às vezes você pensa em um argumento, aí já contra argumenta sozinho com você mesmo e fica nesses discursos horas a fio. Enquanto seu corpo faz as atividades cotidianas (se alimentar, arrumar a casa, escrever uma msg, tomar banho, etc), sua mente está em qualquer lugar, menos no aqui e agora.

Com esse vampiro só muita água benta, de preferência oferecida por um monge! Se dê 10 minutos e assista essa palestra do TED. Ele vai te passar uma receita infalível para você “preparar” sua própria arma contra o barulho mental. Se vale uma experiência pessoal, só digo algo: funciona.

Aqui está meu kit mágico contra os principais sugadores de energia.

E você, identifica algum outro monstro ou demônio que te impedem uma vida/energia plena?

Nina Taboada

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *